Hoje é:

  Blogue diário Notícias do Pedal,tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt -»  Clique...
 

Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
 
 
 
Ciclismo Feminino
 
 

“Seleção Nacional/Maria Martins sexta classificada no Europeu de estrada”

Por: José Carlos Gomes
A portuguesa Maria Martins conseguiu a sexta posição na prova de fundo para elite feminina do Campeonato da Europa de Estrada, uma corrida de 129,8 quilómetros, disputada em Munique, Alemanha.
A prova seguiu o guião esperado, acabando por decidir-se ao sprint. Isso aconteceu apesar de as seleções alemã e francesa tudo terem tentado para impedir o desfecho previsto. Para isso, envolveram-se nos ataques e no endurecimento da corrida, ainda antes da entrada no circuito citadino de Munique.
Na passagem da subida mais dura, a cerca de 60 quilómetros da meta, a postura ofensiva daquelas seleções partiu o pelotão. Maria Martins ainda perdeu alguns metros para o grupo principal, mas rapidamente recolou ao grupo principal, que ficou com apenas cerca de 60 unidades. Foram essas as corredoras que discutiram o título europeu.
Maria Martins, com a desvantagem de não ter colegas de equipa que a protegessem e ajudassem á colocação, foi escolhendo as rodas mais adequadas para chegar em boas condições à reta da meta. Mais uma vez alemãs e gaulesas tentaram inverter a história que começava a desenhar-se.
A francesa Juliette Labous e a alemã Lea Lin Teutenberg saíram do pelotão na companhia da espanhola Sheyla Gutiérrez, na primeira das duas voltas completas ao circuito citadino de Munique. A seleção dos Países Baixos teve de arregaçar as mangas para anular a escapada, o que só aconteceu à entrada dos últimos três quilómetros.
Daí até final foi a luta pela colocação, pois todas as corredoras sabiam que a discussão seria ao sprint. Dois blocos revelaram-se mais fortes na aproximação aos momentos decisivos, criando duas linhas de sprint. Do lado direito da estada, as italianas lançaram a campeã mundial, Elisa Balsamo. Do lado contrário, as neerlandesas apostaram tudo em Lorena Wiebes.
Foi a representante dos Países Baixos, que levou a melhor, cortando o risco com 2h59m20s. As primeiras 25 corredoras registaram o mesmo tempo, tendo Itália ocupado as restantes posições de pódio. Elisa Balsamo foi segunda e Rachele Barbieri ficou com a medalha de bronze. Maria Martins foi a sexta classificada, na estreia pessoal em provas de elite do Campeonato da Europa de Estrada.
“A Maria esteve espectacular. Nestes dias trabalhámos muito a questão tática. A Maria, com toda a sua experiência, sabia o que tinha de fazer. E cumpriu exemplarmente tudo o que estava previsto. Foi excecional sob o ponto de vista tático e também demonstrou muita força, claro”, exultou o selecionador nacional de ciclismo feminino, José Luis Algarra.
Após uma corrida histórica, pois não há memória de outro resultado desta dimensão do ciclismo de estrada português, Maria Martins estava feliz, mas acumulava com outro sentimento. “Para dizer a verdade, sinto-me aliviada. Depois da queda de segunda-feira, na pista, tinha receio de que pudesse estar envolvida em alguma queda. Por isso não arrisquei quase nada para me posicionar, embora não deixasse de tentar estar bem colocada”, confessou a corredora.
Maria Martins já corria em estrada desde o Paris-Roubaix feminino, no dia 16 de abril, o que tornou ainda mais relevante o resultado. “Fazer sexto é especial para mim e para todos nós [Seleção Nacional]. Venho de um período muito longo sem competir, mas mostrei que estou ativa, estou cá e que podem contar comigo”, frisou a ciclista.
Fonte: Federação Portuguesa Ciclismo

 
  Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 1999 a 2022 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1347x533