Hoje é:

  Blogue diário Notícias do Pedal,tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt -»  Clique...
 

Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
 
 
 
Ciclismo
 
 

“W52-FC Porto deixa ciclismo profissional e aposta na formação com dragões como parceiros”
Adriano Quintanilha falou do futuro ao nosso jornal

Por: Ana Paula Marques
A W52-FC Porto vai deixar o ciclismo profissional e apostar na formação, revelou o empresário Adriano Quintanilha. Um novo projeto que, segundo o empresário, vai contar com o apoio do F C Porto, como vinha sucedendo com a equipa profissional.
"São 2.500 metros de área em Lousada para fazer uma academia e apostar na formação. Os pavilhões estão feitos, era onde estava sediada a minha empresa. Queremos um ciclismo limpo e começar com jovens e educá-los desde o princípio. Foi assim que o meu pai me ensinou. Quero ser um mentor, ter uma escola de ciclismo", disse ao Record o líder da equipa de Felgueiras.
Sobre o F C Porto, Quintanilha revela que a ligação segue firme, pese embora os dragões terem referido em comunicado, em finais de julho, que a ligação entre as partes tinha terminado. "A W52 está sempre com o F C Porto e o F C Porto está sempre com a W52. Somos dois patrocinadores e a parceria vai continuar. Neste momento o presidente Pinto da Costa está muito dececionado com o que se passou, passou um mau bocado. Neste momento não estamos virados para o ciclismo profissional".
Quanto aos atuais ciclistas, o líder da equipa diz nada saber sobre o seu futuro. "O que sei é o que a comunicação social diz. Tenho ainda três ciclistas que não estão suspensos (José Neves, Amaro Antunes e o Jorge Magalhães) e sete pessoas do staff que estou a pagar a cem por cento. É a minha obrigação cumprir com esses deveres".
Por fim, sobre a Volta a Portugal, assumiu ter visto a prova e demonstrou o seu desencanto com o que viu. "Infelizmente vi, falei com uma pessoa que esteve por dentro da Volta, que é ciclista, e que disse que a Volta foi apenas 10% do que tem sido a nível de impacto, espectadores e na estrada". Sobre a hegemonia da Glassdrive limita-se a dizer: "Ganharam bem, só tenho de dar os parabéns".
Fonte: Record on-line

 
  Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 1999 a 2022 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1347x533