Hoje é:

  Blogue diário Notícias do Pedal,tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt -»  Clique...
 

Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
 
 
 
Ciclismo
 
 

“Seleção Nacional/” Daniel Dias foi o representante de Portugal no omnium masculino”

Por: José Carlos Gomes
Daniel Dias foi o representante de Portugal no omnium masculino. Ao contrário do setor feminino, entre os homens foi necessário fazer uma corrida de qualificação, passo que Daniel Dias passou com distinção, apesar de ainda ter idade de sub-23, de estar pela primeira vez a competir num Europeu de elite e de lhe ter calhado a série mais difícil da qualificação.
Durante o concurso da disciplina olímpica de omnium, o português foi décimo no scratch, 12.º na corrida tempo e em eliminação, entrando na determinante corrida por pontos no 12.º lugar da geral, posto que manteria até ao término do omnium. Daniel Dias fechou a competição com 58 pontos. A luta pelo título europeu foi decidida no último sprint das quatro corridas pontuáveis, fase da competição a que quatro corredores chegaram empatados. Impôs-se o francês Donavan Grondin, com 150 pontos, mais dois do que o italiano Simone Consonni e mais quatro do que o espanhol Sebastián Mora.
“O Daniel tinha um desafio muito árduo, a passagem na série mais exigente da qualificação. Passou essa dificuldade com sucesso. No programa de omnium, tendo em conta a sua capacidade atual e o seu nível de experiência, fez um bom concurso. Saio satisfeito com o desempenho do corredor, que teve neste europeu um momento muito importante para o desenvolvimento de competências para o futuro”, considera o selecionador nacional.
O corredor terminou o primeiro europeu de elite muito satisfeito com toda a participação. “Cheguei a este europeu com o intuito de aprender e de melhorar. Tive uma prestação positiva na perseguição individual. Acho que poderia ter feito um pouco melhor na eliminação. No omnium, superei-me. Estive na discussão do scratch, perdi um pouco na segunda corrida. Na eliminação estive bem. A corrida por pontos foi uma autêntica loucura, sem um segundo de descanso, foi duríssimo. O saldo é muito positivo. Tenho de ficar feliz com este 12.º lugar na estreia e aprender com os erros cometidos. Agora há que continuar a trabalhar para conseguir resultados ainda melhores”, afirmou Daniel Dias após a corrida.
Fonte: Federação Portuguesa Ciclismo

 
  Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 1999 a 2022 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1347x533