Hoje é:

  Blogue diário Notícias do Pedal,tudo sobre bicicletas em: revistanoticiasdopedal.blogspot.pt -»  Clique...
 

Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
 
 
 
Triatlo
 
 

“João Pereira em destaque com sexto lugar nos Europeus”
Vasco Vilaça foi 13.º e Miguel Silva acabou em 28.º

Foto: Lusa
Foto:
Getty Images
João Pereira foi sexto classificado nos Europeus de triatlo de Munique, nos quais Vasco Vilaça terminou em 13.º e Miguel Tiago Silva concluiu em 28.º.
Pereira, que chegou a liderar um quarteto isolado na corrida final, cederia após os três quilómetros dos 10 do atletismo - a 2,5 quilómetros do fim o bronze estava a somente 16 segundos, porém concluiria o seu desempenho em sexto, a 40 segudnos do campeão, o francês Léo Bergere, que bateu os compatriotas Pierre le Corre, a 08, e Dorian Connix, a 15.
O vice-campeão do Mundo em 2020, Vasco Vilaça, atrasou-se irremediavelmente no segmento da natação -- saiu com uma perda de 1.05 minutos e terminou a prova em 13.º, a 1.50 minutos.
Miguel Tiago Silva esteve no grupo de 12 que entrou com quase um minuto de avanço na corrida, contudo esta parte foi penosa para si, terminando 28.º, a 3.45.
Miguel Tiago Silva foi mesmo o mais forte da seleção no segmento da natação, que concluiu em 18.18 minutos, a nove segundos da liderança, dois lugares à frente de João Pereira, com quem integrou um primeiro grupo de 12 no início do ciclismo.
Vasco Vilaça foi apenas o 47.º a sair da água, o setor no qual se sente menos confortável, a 1.05 minutos, sendo que no final da primeira volta na bicicleta integrava um terceiro pelotão, a 55 segundos da liderança.
Vilaça foi um dos elementos que puxou no ciclismo para o terceiro grupo se fundir no segundo, mantendo, ainda assim, um atraso próximo do minuto.
Na decisiva transição, João Pereira era nono a quatro segundos e Miguel Tiago Silva, fatigado, atrasou-se logo na passadeira, 12.º a 11 segundos, perdendo logo aí o contacto: Vasco Vilaça era somente 27.º, tendo 51 segundos para recuperar para a frente da competição.
Quinto no Rio'2016, João Pereira fixou-se no quarteto que se isolou na corrida, porém pagou pelo seu esforço e cedeu, face ao jogo de equipa da França que tinha três homens entre os mais fortes.
Portugal ia apresentar-se com um quinteto, contudo, no dia da prova, Ricardo Batista caiu na bicicleta e terá fraturado o cotovelo, tendo ido fazer exames ao hospital, enquanto João Silva sentiu uma forte dor num tendão e foi igualmente forçado a não alinhar.
Num acidente levou à queda de Melanie Santos e de Helena Carvalho, que terminaram, respetivamente, em 24.ª e 41.ª. Maria Tomé seria 11.ª no seu melhor desempenho da carreira em Europeus, nos vários escalões.
Fonte: Record on-line

 
  Estatuto Editorial | Ficha Técnica | Apresentação | Galeria Multimédia | Contactos
Revista Notícias do Pedal

 

Copyright © 1999 a 2022 - ® Revista Notícias do Pedal - Todos os Direitos Reservados
Este site está optimizado para ser visualizado em 1347x533